Marketing Digital para E-commerce

Marketing Digital para E-commerce

Marketing Digital para E-commerce

Muitos acreditam que ter um comércio eletrônico é uma tarefa fácil, afinal basta comprar um domínio, ter uma plataforma e pronto, começar a vender.

 

Mas, a verdade é que trabalhar com e-commerce compreende muito mais conhecimento do que se possa imaginar. É preciso saber se relacionar com os clientes, conhecer os sistemas de logística, legislação, estratégias de precificação, usabilidade, técnicas de SEO, sistemas de front e backoffice big data, além de outras dezenas de nomenclaturas – incluindo o marketing digital.

 

Apesar do e-commerce estar crescendo anualmente, parte das lojas não chegam sequer a ter um site próprio. Recentemente, devido o fortalecimento de marketplaces como o Mercado Livre, muita gente passou a redirecionar sua audiência para esses canais, que permitem um contato limitado com os clientes.

 

Hoje, cada vez mais as redes sociais e o mundo online se tornam essenciais para os varejistas terem bons resultados com seus negócios, porém, em contrapartida, os internautas estão cada vez menos propensos a ver propagandas enquanto navegam, por acharem essa prática muito invasiva.

 

De acordo com um estudo da Forrester, 64% dos donos de lojas entrevistados estão aumentando seu budget de modo a driblar a crise econômica, focando seus investimentos principalmente em marketing e no desenvolvimento de plataformas mobile.

 

Mas, apesar de ser muito evidente a importância do marketing digital como catalisador e aliado para fazer uma loja virtual crescer, os lojistas acreditam que aumentar a taxa de conversão não é tão importante quanto arrumar os “gaps” de estoque ou equívocos na precificação, por exemplo. E como o tempo de um empreendedor de e-commerce é valioso, são poucos os que conseguem monitorar os erros e acertos da sua operação.

 

O preço é um elemento importante e determinante para a escolha dos consumidores, principalmente no contexto de recessão econômica do Brasil. Internalizar pode ser mais barato, porém é preciso ficar atento aos “custos invisíveis” que podem gerar um impacto importante no resultado da operação, como o treinamento de equipes e a possibilidade de perder um funcionário a qualquer momento.

 

O segredo para encontrar a resposta certa para o embate é entender o contexto dos lojistas de e-commerce, suas dificuldades, anseios e perspectivas, e a partir desse ponto, determinar o que é útil de verdade para eles.

 

Segundo dados da E-Bit, ao todo, o Brasil possui cerca de 60 mil lojas virtuais, onde marcas encontraram no espaço on-line uma maneira de aumentar suas vendas e incrementar seu negócio.

 

Porém, é importante frisar que não basta apenas colocar sua loja no ar. Para que os resultados sejam satisfatórios, é preciso traçar estratégias integradas de marketing tanto para geração de leads quanto para vendas.

 

Entende-se que o e-commerce não é apenas uma plataforma, mas um projeto complexo, onde seu sucesso depende de muitos fatores e a estratégia de marketing digital com certeza é a grande aposta do momento.

 

Antes de mais nada, é importante traçar o seu principal objetivo de negócio: VENDER. A partir disto, sua estratégia de marketing digital deve estar focada em conversão de vendas. Mas, para chegar lá, é preciso passar por algumas etapas.

 

Primeiro, é necessário fazer um branding, que nada mais é, do que o exercício de construção de uma marca forte e bem consolidada no mercado. Depois é preciso ampliar a visibilidade da loja virtual e de seus produtos nos meios digitais, para que atinjam seus consumidores. É importante também, construir um relacionamento com influenciadores de opinião para legitimar a marca e seus produtos, além de conquistar a confiança dos consumidores, de forma que enxerguem valor na loja virtual e nos seus produtos, para que este torne-se um verdadeiro embaixador da sua marca, defendendo a loja virtual e compartilhando sua recomendação.

 

Com estas etapas consolidadas, podemos olhar para o Funil de Conversão de Vendas, que se inicia com a descoberta da sua página pelo consumidor, passa pela escolha do produto, carrinho de compra, conclusão da compra, entrega dos produtos, pós-venda e fidelização.

 

Estabelecendo metas e estratégias coerentes para cada etapa e orientando sua gestão para atingir resultados, é possível fazer o seu negócio decolar.

 

Oferecido pelo parceiro: www.agenciaartefato.com.br

Marketing Digital para E-commerce
Avalie Esse Post